Filme sobre os cuidados de um pai com o cabelo crespo da filha vira fenômeno em campanha de financiamento coletivo

Animação arrecadou mais do que o triplo da meta inicial e será produzida pela Sony

“Hair Love” é um curta-metragem de animação de 5 minutos que gira em torno da relação entre um pai afro-americano, Stephen, sua filha, Zuri e seus cabelos. Essa prévia do roteiro foi mais do que suficiente para alçar a produção a um sucesso instantâneo: com a meta inicial de arrecadar US$ 75 mil dólares por meio de uma campanha de financiamento coletivo, a produção já chegou a US$ 284 mil e será produzida pela Sony Pictures Animation.

Na história que será narrada, Stephen está acostumado com sua esposa cuidar do cabelo de sua filha. Mas, quando ela não está disponível antes de um grande evento, Stephen tem que se virar. Isso parece bastante simples, mas logo descobrimos que o cabelo de Zuri tem personalidade própria.

A história é assinada por ninguém menos do que o produtor Matthew A. Cherry (“Infiltrado na Klan “) e inspirada num livro de mesmo título criado por ele. Ele conta que teve essa iniciativa a partir da falta de representação em projetos de animaçãomainstream e também de promover o amor pelo cabelo entre homens e mulheres negros.

“Havia pensado nessa ideia há alguns anos, mas comecei a perceber, recentemente, muitos vídeos virais de pais negros interagindo com seus filhos e filhas. Isso me deixou confiante para levar a ideia adiante”, descreve ele na apresentação do projeto na plataforma kickstarter de financiamento coletivo.

A presidente da  Sony Pictures Animation, Kristine Belson, comentou sobre como o projeto se mostrou importante no cenário atual.

– No ano passado, ficou muito claro que o público ansiava por ver novas histórias que sejam universais e culturalmente autênticas. ‘Hair Love’ é uma história maravilhosa de pai e filha e estamos orgulhosos de criar jovens cineastas talentosos que estão inovando, como Matthew – disse ao site Deadline.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar